Investimentos

 
titulo-pescados

Desenvolvemos e implementamos projetos de piscicultura comercial na região com a maior vocação natural para o cultivo de espécies de água doce do mundo, a Amazônia.

Nossos projetos são desenvolvidos sob medida,  de acordo com a capacidade produtiva da área e a capacidade financeira do investidor.

Somos empresa habilitada junto a todos os agentes financeiros de fomento a atividade no Brasil, tais como: Banco da Amazônia, BNDES e Banco do Brasil.

  

A Biofish trabalha projetos em parceria direta com o investidor,  seja este nacional ou estrangeiro.

Projetos aquícolas inovadores e audaciosos com capital aberto para investidores.  Se é um potencial investidor, contacte-nos!

  

Porque investir em Aquicultura? Dados importantes!

destaque-amazonia-investimentos

BRASIL – O maior potencial do planeta.

Com seus 8.500 Km de costa marítima, 12% do total de reserva de água doce do planeta,  5,5 milhões de hectares de terras alagadas e reservatórios de água doce, clima favorável para crescimento de espécies cultiváveis, disponibilidade de terras a preços acessíveis e oferta de mão de obra, o Brasil se consolida como o país com o maior potencial para a produção de pescados do mundo.

Demanda mundial x Consumo

Com a demanda mundial pela proteína do pescado em crescimento constante, devido especialmente a fatores como o crescimento da população mundial, a mudança nos hábitos alimentares dos humanos, hoje preocupados e sensibilizados com a importância de uma alimentação saudável e, portanto, substituindo gradativamente a proteína da carne vermelha pela carne branca, assim como, o aumento do poder aquisitivo da população e consequentemente um maior acesso ao consumo de proteína animal.

O consumo é crescente no mercado interno – de 6,8kg/hab/ano em 2002 para 9Kg/hab/ano em 2010 a nível Brasil, no entanto, na Amazônia este consumo sobe para 36kg/hab/ano. Sendo a média mundial de 16kg/hab/ano e a recomendação da FAO de 12 kg/ha/ano.

Crescimento da aquicultura mundial e brasileira

shutterstock_120832792-[Converted]

Para atender toda a demanda pelo pescado no mundo, temos na aquicultura a única solução, uma vez que a população de rios e mares diminuiu e os controles ambientais aumentaram o que demonstra que a pesca extrativa está reduzindo.

Neste contexto, a aquicultura mundial vem apresentando índices médios anuais de crescimento de 9,2%, comparados com apenas 1,4% na pesca extrativa e 2,8 na produção de animais terrestres.

A aquicultura brasileira nos últimos 2 anos vem apresentando taxas de crescimento de  43,8% e a piscicultura representa 60,2% deste crescimento.